segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

Feliz Natal e Feliz Ano Novo


Que vergonha !!! Há 2 meses que não venho cá!!!
Não passei para desejar Bom Natal, Bom Ano!!!
Bem mas cá estou eu !!!
Esta receita já vem ligeiramente atrasada!!!!
Fiz este bolo de bolacha para a festa de Natal da escola dos meus filhotes mais novos!!
Este bolo de bolacha é o tradicional mas com um toque moderno!!!!Bem digo eu!!!!
Vou deixar de conversa e passar a receita!!!!!
O que precisam de ter na cozinha:
2 pacotes de bolacha maria
250g de margarina em temperatura ambiente
150g de icing sugar ( pulverizei na bimby)
1 colher de sopa mal cheia de café forte
2 ovos
Café adoçado para embeber as bolachas
Fiz assim:
Na maneira tradicional:
Batero açúcar com a margarina que deve estar bem mole, numa batedeira, juntam -se os ovos um a um.
Acrescentei uma colher de sopa de café diluído (eu acrescentei um pouco de café solúvel á parte sem ser diluído , além da colher de sopa). Quando se tiver um creme homogéneo e macio está bom .
Para o creme ficar verde coloquei corante alimentício.
Fiz um café forte molhei as bolachas no café, muito rapidamente para as bolachas não ficarem muito moles.
Na bimby:
Coloquei a margarina no copo da bimby programei 30s, vel 3, quando terminou coloquei a borboleta o açúcar e programei 1,5m na vel.4.
Com a bimby a funcionar na vel 2 deitei os ovos um a um pelo bocal, por fim o café e o corante.
Para montar o bolo fiz como escrevi na maneira tradicional.

5 comentários:

  1. Bom ano novo! Não gosto de bolo de bolacha feito com creme de manteiga mas admito que ficou muito original :)

    ResponderEliminar
  2. Ora aqui vai mais um: famílias assim já quase não há, e gente assim dotada também não!

    Tivesse eu mãos assim tão prendadas!!!

    Mas o meu assunto é outro.Um assunto que interessa a todos os portugueses e residentes em Portugal. Trata-se de saber a quem cabe a guarda dos filhos, em caso de separação: se à mãe (que é, regra geral, a sua figura primária ou de referência, por ser aquela que lhes presta praticamente todos os cuidados diários), se ao pai (que, regra geral, pode ser o que reúne melhores condições), ou se a ambos (estejam ou não de acordo, e independentemente de terem ou não uma boa relação).

    Palavras sábias de um pai que ganhou, em tribunal, a custódia dos filhos: A tutela dos filhos é um empreendimento para a vida; não pode ser gerido por dois sócios que não se entendem. As pessoas não conseguem deixar de usar o seu poder para anular decisões e exercer pressões. É preferível que só um dos pais tenha a tutela, por muito que isso custe ao outro. A educação de uma criança não é passível de falhas.'

    Ponhamos a mão na consciência: se a lei não permite que se separe as crianças de junto dos seus pais, mesmo que estes vivam em fracas condições, porque razão há-de um juíz atribuir a guarda ao progenitor que ofereça melhores condições? É este o superior interesse da criança?!

    Urge reabilitar a maternidade, fazer com que as mães possam acompanhar mais de perto o desenvolvimento dos filhos!!!!

    http://www.peticaopublica.com/?pi=P2009N575

    ResponderEliminar
  3. Olá Susana! Sou seguidor do seu blog e adoro o seu conceito de cozinha. Sou estremenho da Espanha, (de Mérida, somos praticamente vizinhos) e tenho também um blog de cozinha, DE COCINA ANTIGUA.Eu gostaria de trocar os nossos links. Saudações desde Espanha.

    ResponderEliminar
  4. Olá,

    estou a procurar blogs que queiram trocar links com o meu: http://entradas-receitas.blogspot.com

    Podes ver aqui as vantagens da troca de links:
    http://helpblogwservir.blogspot.com/2010/10/como-aumentar-as-visitas-do-seu-blog.html

    Aguardo a tua resposta: entradasepetiscos@gmail.com

    Atentamente,
    Octávio

    ResponderEliminar

Fico feliz sempre que tenho comentários,obrigada!!!